segunda-feira, 13 de abril de 2009

Twin Peaks: mistérios, humor negro e uma maravilhosa xícara de café


A partir do dia 19 de abril, o canal Rede Brasil começa a exibir o seriado Twin Peaks, que foi exibido pela Rede Globo no início dos anos 1990. Então resolvi fazer um post falando um pouco sobre a série e recomendando para quem ainda não assistiu.

O seriado começa com a chegada do agente especial Dale Cooper à cidade de Twin Peaks, para investigar o misterioso assassinato de Laura Palmer, uma adolescente que foi encontrada morta, dentro de um lago e enrolada em um saco plástico. A partir dessa premissa simples, os criadores da série, David Lynch e Mark Frost nos levam a um fascinante mundo de coisas bizarras, praticamente todos os personagens de Twin Peaks são estranhos: Cooper parece ter poderes paranormais (solucionando casos através dos sonhos), um outro agente do FBI, interpretado por David Duchovny, trabalhava vestido de mulher, ou a própria Laura Palmer que não era a garota perfeita que todos pensavam. Isso sem contar que todos os habitantes da pequena cidade escondiam algum tipo de segredo, até aqueles que você imagina que não tinha nada a esconder.

Infelizmente, a série teve apenas duas temporadas, sendo que a segunda teve alguns episódios fracos e confusos, devido ao criador David Lynch ter se afastado da produção para dirigir um filme. Ele retornou apenas nos episódios finais para tentar salvar a série do cancelamento, deixando inclusive um final em aberto que, infelizmente, nunca será solucionado já que o seriado foi realmente cancelado ao final da segunda temporada.

O cancelamento aconteceu por causa da baixa audiência da segunda temporada. A emissora ABC ainda tentou aumentar o público fazendo com que os roteiristas revelassem o assassino de Laura Palmer na metade da temporada. Mas só ajudou a diminuir ainda mais a audiência, já que muitas pessoas só assistiam à série para saber quem havia matado a estudante. Na época, os fãs e até alguns atores do seriado culparam David Lynch pela queda da audiência, considerando-se abandonados pelo criador da trama. Realmente os episódios sem a participação dele são bem fracos, mas eu acho que Twin Peaks seria cancelada de qualquer jeito, ela era muito confusa para o público norte-americano, que gosta das coisas bem mastigadas.

O seriado acabou conquistando o status de cult e continua arrebanhando fãs até hoje, eu mesmo só fui conhecer a série há uns dois anos. A ABC ainda produziu um filme de Twin Peaks, dirigido pelo criador David Lynch. Porém, o diretor não usou o filme para dar um final à série, em vez disso ele preferiu fazer um prelúdio, mostrando a última semana de vida de Laura Palmer. O filme, chamado "Twin Peaks: Os Últimos Dias de Laura Palmer", esclarece algumas coisas sobre a série, mas também deixa muitas outras perguntas no ar. Os fãs gostam de dizer que essas perguntas sem respostas é que são o charme da série. Mas atenção, apesar de se passar antes do seriado, o filme deve ser assistido depois porque muitos segredos da série são mostrados no longa metragem, incluindo aí o assassino de Laura Palmer.

E isso é Twin Peaks, uma série com muitos mistérios e um humor negro muito bem trabalhado (pelo menos nos episódios dirigidos pelo Lynch). Então aproveitem a reprise da Rede Brasil, ou comprem os dvds, e divirtam-se com a série. Sempre acompanhados de uma boa xícara de café e vários donuts.

2 Comentários:

lilyjoplin disse...

PUXA VIDA EU COMECEI A ASSISTIR A SERIE PELA TV BRASIL MAS INFELIZMENTE A EMISSORA SAIU DO AR NA MINHA CIDADE, E PAREI DE ASSISTIR UMA DUVIDA FICA NO AR QUEM É O ASSASSINO DE LAURA PALMER????? QUEM SOUBER ME ENVIE UM E MAIL lilyjoplin@hotmail.com OBRIGADA

Anônimo disse...

Parece uma msitura de arquivo x e arquivo Rosswel!
Ariana

Postar um comentário

  ©Template Blogger Green by Dicas Blogger.

TOPO